Pressão dos custos nas empresas desanima Wall Street. Target afunda 25% após resultados

O impacto da inflação acelerada continua a pesar no sentimento dos investidores. Resultados da Target penalizam desempenho em Wall Street, com ações da retalhista a afundarem 25%.

A recuperação de terça-feira foi de curta duração e as bolsas norte-americanas estão de regresso às quedas na sessão desta quarta-feira. Os investidores estão mais pessimistas com a aceleração da inflação e os resultados desanimadores de uma das grandes retalhistas dos EUA veio somar ao sentimento negativo em Wall Street.

O industrial Dow Jones recua 0,57% na abertura, para 32.468,67 pontos, enquanto o S&P 500 cai 0,90%, para 4.051,98 pontos. O tecnológico Nasdaq é o que mais desvaloriza, cedendo 1,62%, para 11.790,68 pontos.

A Target pesa no desempenho. Não só apresentou lucros no primeiro trimestre muito abaixo do esperado em Wall Street como também alertou para a pressão exercida no negócio pelo aumento dos custos e dos preços. As ações da retalhista afundam 26,11%, para 159,08 dólares.

Uma notícia que acabou por afetar as restantes cotadas do setor, algumas das quais também já tinham alertado para a pressão exercida pelo aumento dos custos. A Best Buy, por exemplo, perde 9,93%, para 76,11 dólares, enquanto a Macy’s recua 8,40%, para 19,52 dólares.

Na tecnologia, registam-se quedas nos principais “pesos pesados”. A Apple recua 2,12%, para 146,08 dólares, enquanto a Microsoft cai 1,76%, para 261,51 dólares. A Amazon desvaloriza 3,13%, para 2.235,12 dólares.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Pressão dos custos nas empresas desanima Wall Street. Target afunda 25% após resultados

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião