Bélgica impõe quarentena de 21 dias para casos de varíola dos macacos

  • ECO
  • 23 Maio 2022

A Bélgica impôs uma quarentena de 21 dias para doentes infetados com o vírus Monkeypox, também conhecido por varíola dos macacos.

A Bélgica impôs uma quarentena de 21 dias para doentes infetados com o vírus Monkeypox, também conhecido por varíola dos macacos. Há já 92 casos confirmados a nível mundial relativos a este vírus, dos quais quatro na Bélgica e 23 em Portugal, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Quem testar positivo à varíola dos macacos na Bélgica terá de se isolar durante cerca de três semanas. Segundo o Politico, a decisão foi conhecida na sexta-feira, sendo que os contactos de risco não precisam de fazer isolamento, mas devem manter-se vigilantes. A Bélgica é o primeiro país a impor quarentena a doentes infetados pela varíola dos macacos.

O vírus Monkeypox é uma doença geralmente transmitida pelo toque ou mordida de animais selvagens infetados na África Ocidental e Central, podendo também transmitir-se através do contacto com uma pessoa infetada ou materiais contaminados. Os sintomas incluem “lesões ulcerativas, erupção cutânea, gânglios palpáveis, eventualmente acompanhados de febre, arrepios, dores de cabeça, dores musculares e cansaço”, explicou recentemente a Direção-Geral da Saúde.

No sábado, a OMS revelou que há já 92 casos de infeção confirmados por este vírus, espalhados por 12 países, bem como 28 casos suspeitos. Até ao momento foram já confirmados casos em Portugal, Reino Unido, Suécia, Itália, Espanha, França, Bélgica, Alemanha, EUA, Canadá e Austrália. Em Portugal, foram confirmados 23 casos, de acordo com o último balanço da OMS.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Bélgica impõe quarentena de 21 dias para casos de varíola dos macacos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião