Crédit Agricole quer a operação seguros do Banco BPM

  • ECO Seguros
  • 30 Maio 2022

Braço de seguros do grupo francês que detém a portuguesa Mudum, a CA Assurances quer estender a bancassurance a Itália. Allianz, Axa e Generali podem ter estado na corrida.

O grupo bancário francês CA, através do Crédit Agricole Italia, confirmou interesse na aquisição das atividades de seguros do italiano Banco bpm. Segundo Giampero Maioli, diretor-geral da filial do grupo francês,: “Há um processo em curso na área de bancassurance e estamos obviamente interessados. Demo-nos a conhecer e, por isso veremos quais as escolhas que o Banco Bpm fará, se se decide por um acordo externo ou se o mantém internamente. Ainda não sabemos isso,” avançou a agência Reuters citando declarações recolhidas num evento do jornal Corriere della Sera, em Milão.

Questionado sobre a existência de outros interessados no negócio de seguros do Banco Bpm, Maioli escudou-se: “não sei quantos são: é uma escolha do banco e nós não entramos na sua lógica. Tomámos nota e tentaremos oferecer, se houver uma hipótese, as melhores condições”. Segundo avançado na imprensa, Allianz, Axa e Generali entraram na corrida.

No início de abril, o Crédit Agricole anunciou aquisição de uma participação de 9,18% no Banco Bpm, tornando-se maior acionista individual da instituição italiana.

CA Assurances segue estratégia para crescer em linhas prioritárias

O Crédit Agricole Assurances (CA Assurances), a subsidiária de seguros do grupo financeiro francês, encerrou o primeiro trimestre com 11,2 mil milhões de euros em volume de negócio, apresentando crescimento homólogo de 5,8% no período. Assumindo como linhas de negócio prioritárias a proteção de pessoas e bens e as soluções de UC (unidades de conta) nos seguros de Vida, o grupo consolidou 2,1 mil milhões de euros (+6,7% em variação homóloga) no ramo não Vida, apontando crescimento de 16% em Itália.

No negócio poupança e reforma, a coleta bruta cresceu mais de 5%, totalizando 7,7 mil milhões de euros no trimestre, indicou a CA Assurances em comunicado.

 

 

 

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Crédit Agricole quer a operação seguros do Banco BPM

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião