Família EDP pesa na bolsa, mas Galp e BCP amparam queda do PSI

EDP e EDP Renováveis desvalorizaram cerca de 1,3%, mas a subida dos títulos da Galp e do BCP travaram a queda do principal índice português.

A bolsa de Lisboa seguiu a tendência negativa das principais praças europeias e os juros da dívida pública recuaram, à medida que os investidores vão medindo o risco de uma recessão induzida pelo impacto da guerra e do aperto da política monetária pelos bancos centrais.

Enquanto o europeu Stoxx 600 recuou 1%, o português PSI cedeu 0,42%, para 6.231,15 pontos, pressionado pelo setor energético. A EDP e a EDP Renováveis registaram perdas de cerca de 1,3%, enquanto a Corticeira Amorim derrapou 1,90%, o pior desempenho na primeira liga da bolsa nacional.

As perdas só não foram superiores porque a Galp e o BCP ampararam o PSI. A petrolífera liderada por Andy Brown valorizou 0,33%, à boleia da subida dos preços do petróleo, espoletada pelo levantamento de medidas Covid na China e pelo acordo alcançado no Conselho Europeu para banir as importações de petróleo da Rússia, exceto via oleoduto.

Já o banco liderado por Miguel Maya brilhou com uma subida de 1,47%, no topo do pódio dos melhores desempenhos.

Estes desempenhos acontecem numa altura em que os juros da dívida pública portuguesa recuam na maior parte das maturidades, principalmente nas obrigações de curto prazo. A dívida a 1 ano cai 4,5 pontos base, enquanto a taxa de referência a 10 anos cede 1 ponto base, para 2,321%.

Pelo contrário, os juros a 5, 6 e 7 anos apresentam subidas inferiores a 1 ponto. Os juros movem-se em sentido inversamente proporcional ao preço das obrigações.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Família EDP pesa na bolsa, mas Galp e BCP amparam queda do PSI

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião