Portugal é o terceiro país da Zona Euro onde o preço dos alimentos mais cresceu

  • ECO
  • 22 Junho 2022

O preço do cabaz de produtos alimentares em Portugal disparou acima da média da Zona Euro desde o início do ano, subindo pela primeira vez dois dígitos.

Desde o início do ano, o preço dos produtos alimentares, álcool e tabaco em Portugal subiu de 3,3% para 10,9% em maio, sendo o valor mais elevado de sempre e a terceira maior subida na Zona Euro, noticia o Jornal de Negócios (acesso pago). Embora o Banco Central Europeu (BCE) admita que a inflação “modere no médio prazo”, alerta que, até lá, os produtos deverão continuar a ficar mais caros.

Segundo o Eurostat, os preços dos produtos alimentares, álcool e tabaco registaram um crescimento homólogo no mês de maio de 7,5% na Zona Euro, o que representa uma subida de quatro pontos percentuais face a janeiro. Em Portugal, um dos 11 países da moeda única com variações acima da média, a aceleração desde janeiro foi de 7,6 pontos percentuais. Pior só a Lituânia e a Letónia, que tiveram aumentos de 9,5 e 7,9 pontos percentuais, respetivamente.

Num relatório publicado na terça-feira, o BCE indica que a inflação nos alimentos “aumentou significativamente nos países da Zona Euro que estão mais expostos às importações agrícolas da Rússia, Ucrânia e Bielorrússia”, o que não é o caso de Portugal. Aponta, assim, três razões possíveis para o cenário português: o elevado consumo de energia na produção e processamento de alimentos; a necessidade de gás natural na produção de fertilizantes; e as margens de lucro no retalho.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Portugal é o terceiro país da Zona Euro onde o preço dos alimentos mais cresceu

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião