Tesla entre as 20 maiores seguradoras dos EUA em 2025

  • ECO Seguros
  • 23 Junho 2022

A seguradora associada à construtora de veículos automóveis de Elon Musk poderá figurar entre as 20 maiores seguradoras norte-americanas até 2025.

A Tesla não modera as suas ambições no negócio dos seguros do ramo automóvel, cuja entrada anunciou em 2019 e que já disponibiliza aos compradores dos seus carros elétricos.

A empresa lançou a sua oferta de seguro em tempo real aos clientes de sete estados norte-americanos. Virgínia, Colorado e Oregon são os últimos estados onde a marca abriu o seu negócio segurador, passando a assumir todos os riscos da subscrição de apólices de seguro automóvel. Ora, perfila-se agora no horizonte um lugar entre as 20 maiores seguradoras do segmento automóvel. A Intelligent Insurer admite, citando uma grande corretora, que até 2025 a construtora de Elon Musk poderá figurar entre as 20 maiores seguradoras do segmento automóvel dos Estados Unidos.

Depois do mercado norte-americano o seguro automóvel da Tesla irá estender-se a outros mercados, admitindo-se que poderá ser comercializado fora dos Estados Unidos a partir de 2023.

O ramo automóvel é o que tem maior peso sobre a faturação das seguradoras norte-americanas, representando mais de 70% das vendas no negócio segurador, seguindo-se o negócio residencial e o ramo Vida. No seguro automóvel de privados a primeira seguradora norte-americana era, em 2021, a State Farm Mutual Automobile Insurance, com uma quota de mercado de 16% e prémios diretos superiores a 41,6 mil milhões de dólares. A Progressive Corp liderava destacada no segmento dos seguros automóveis comerciais, com 16,2% de quota de mercado e vendas de prémios diretos de mais de 8,6 mil milhões de dólares.

Os veículos elétricos implicam valores mais elevados de indemnização em caso de sinistro. Este facto tende a pressionar os preços das apólices do ramo automóvel. No caso da Tesla há mesmo um fator suplementar, pois um estudo do Highway Loss Data Institute aponta para que os automóveis da marca Model S e Model X apresentem uma maior frequência de sinistros e envolvem custos de sinistro mais elevados para as seguradoras, o que levou estas a subir os prémios para os condutores e proprietários de um veículo Tesla. Este facto terá dececionado Musk, que nele percecionou, entretanto, uma oportunidade de negócio. Vender um seguro com um Tesla é algo mais que viável: “já agora, não leva o nosso seguro?” – perguntará o vendedor ao cliente.

O negócio é para Elon Musk tão apetecível que em 2020 declarou que o seguro automóvel poderia representar entre 30% a 40% do volume de negócios da construtora automóvel. E também já declarou que a Tesla pretende “ir às compras” no mercado da indústria seguradora para fazer aquisições estratégicas.

O seu software de seguros próprio ajusta os valores dos prémios cobrados em função dos dados de segurança recolhidos do modo como os condutores de um Tesla se comportam. Assim, os prémios pagos pelos clientes dependem da pontuação que obtêm ao volante, de acordo com os padrões de condução definidos pela construtora. Apenas no Estado da Califórnia a legislação não permite que a pontuação seja utilizada para fixar o valor dos prémios.

A construtora de veículos obteve, no primeiro trimestre de 2022, receitas de 18,76 mil milhões de dólares (+81% comparativamente a igual período de 2021), com lucro líquido a acelerar mais de 650% (em base GAAP – norma contabilística geralmente aceite), para cerca de 3,32 mil milhões de dólares e mais do que a triplicar os ganhos por ação (eps), para 3,22 dólares/título (em base non-GAAP).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Tesla entre as 20 maiores seguradoras dos EUA em 2025

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião