PS inviabiliza audição de Pedro Nuno Santos no Parlamento

O Partido Socialista votou contra as propostas de partidos da oposição para ouvir o ministro das Infraestruturas a propósito da polémica que quase levou à sua demissão.

O PS votou contra os requerimentos dos partidos da oposição para ouvir o ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, na Comissão de Economia, Obras Públicas, Planeamento e Habitação do Parlamento, a propósito da revogação do despacho sobre os novos aeroportos pelo primeiro-ministro.

Pedro Nuno Santos anunciou na quarta-feira passada um novo plano para o reforço da capacidade aeroportuária na região de Lisboa, com a construção de uma nova infraestrutura no Montijo, até 2026, e de um segundo aeroporto de raiz em Alcochete, no prazo de 10 a 15 anos. O plano chegou ao Diário da República sob a forma de um despacho, que seria revogado no dia seguinte pelo primeiro-ministro, António Costa.

“O primeiro-ministro reafirma que a solução tem de ser negociada e consensualizada com a oposição, em particular com o principal partido da oposição e, em circunstância alguma, sem a devida informação prévia ao senhor Presidente da República”, dizia o comunicado enviado pelo gabinete de António Costa às redações.

A revogação quase levou à demissão do ministro das Infraestruturas, que acabou por manter-se no cargo após uma reunião em São Bento com António Costa. Pedro Nuno Santos assumiu ter-se tratado de uma “falha relevante”.

A decisão de inviabilizar a audição foi criticada pelos partidos da oposição, que acusaram o PS de usar a maioria absoluta para impedir que Pedro Nuno Santos esclarecesse a polémica no Parlamento.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

PS inviabiliza audição de Pedro Nuno Santos no Parlamento

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião