50 mil lesados podem passar ativos para o BES “mau”

  • ECO
  • 1 Agosto 2022

Já foram encontrados mais de 50 mil antigos acionistas e obrigacionistas do BES que podem passar a custódia destes ativos para a comissão liquidatária, escapando a comissões.

Desde o final da semana passada que mais de 50 mil investidores já podem passar a custódia de antigas ações e obrigações do Banco Espírito Santo (BES) para a comissão liquidatária, evitando, assim, pagar comissões bancárias, avança o Jornal de Negócios.

Esta possibilidade acontece na sequência da alteração ao Código de Valores Mobiliários e o levantamento do número de lesados ainda está a ser feito, pelo que os números preliminares poderão vir a ser revistos em alta. O BES “mau” passará, assim, a assumir o registo dos valores mobiliários emitidos pelo banco, incluindo as ações do BES e os instrumentos de dívida do BES (obrigações).

No que respeita às ações do BES, foram identificados 45.233 titulares de mais de cinco mil milhões de títulos (5.624.961.683), incluindo 24 milhões (24.024.116) de ações próprias. Já no que respeita às obrigações emitidas pelo BES, são 5.211 titulares de 630.675 títulos de dívida, respeitantes a 11 emissões, num total de três mil milhões de euros, a que acrescem outros quatro milhões (4.061.000) dólares norte-americanos.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

50 mil lesados podem passar ativos para o BES “mau”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião