Food Delivery Brands vai investir 30 milhões de euros no digital

  • Servimedia
  • 8 Agosto 2022

Este ano, a Food Delivery Brands, grupo líder na entrega de pizzas, vai investir cerca de 30 milhões de euros num plano de digitalização e na expansão da sua capacidade operacional.

A Food Delivery Brands, o grupo líder na distribuição de pizzas com presença em 33 países, vai investir, ainda este ano, cerca de 30 milhões de euros para expandir a sua capacidade operacional e industrial, impulsionar a sua digitalização e consolidar a sua estratégia de expansão nos seus mercados estratégicos da Península Ibérica e Latam, noticia a Servimedia.

Esta estratégia de investimento levou à inauguração, em junho, de uma nova fábrica de massa em Querétaro (México), com um investimento de mais de 7,5 milhões de dólares, que fornecerá os estabelecimentos da Pizza Hut que o grupo opera no país, bem como a exportação para os franqueados da marca na América Central e nas Caraíbas. Esta nova fábrica é um complemento das quatro já em funcionamento em Espanha, Colômbia, Chile e Equador.

O grupo continuará também a investir na promoção da sua transformação digital, como um dos pilares estratégicos para apoiar o seu crescimento futuro, de forma a fornecer ao negócio e aos seus franchisados as últimas inovações digitais tanto para o serviço na loja como para os canais online. Neste sentido, a marca Telepizza anunciou recentemente a possibilidade de fazer encomendas ao domicílio através da WhatsApp, o que a tornou na primeira marca no setor QSR com este serviço em Espanha.

Juntamente com a sua capacidade operacional, a Food Delivery Brands vai continuar a avançar com o seu plano de expansão na Península Ibérica e Latam, centrado em novos formatos de loja, mais pequenos e mais convenientes, que se adaptam aos novos hábitos de consumo. Este plano permitiu ao grupo atingir 91 aberturas de rede nos primeiros seis meses de 2022, e tem agora mais de 2350 lojas em funcionamento em todo o mundo.

A Food Delivery Brands registou um desempenho comercial positivo no primeiro semestre de 2022, com um aumento de 18,7% nas vendas da cadeia em comparação com o mesmo período em 2021, que a fez atingir os 620 milhões de euros. Nos mercados estratégicos, a evolução também tem sido positiva. Em Espanha e Portugal, as vendas no primeiro semestre do ano cresceram 11% em relação ao ano anterior, enquanto que na América Latina cresceram 29%. Estes números confirmam a evolução positiva do negócio, a sua solidez e o sucesso da sua expansão internacional.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Food Delivery Brands vai investir 30 milhões de euros no digital

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião