Economistas antecipam que Zona Euro vai evitar recessão este ano

  • Mariana Tiago
  • 23 Janeiro 2023

A previsão dos economistas da Consensus Economics alterou-se. Espera-se que o bloco europeu registe um crescimento de 0,1% ao longo do ano. Atualmente, é 30% menos provável que ocorra uma recessão.

Afinal, a Zona Euro vai evitar uma recessão este ano. A previsão dos economistas da Consensus Economics alterou-se. Agora, é esperado que o bloco europeu registe um crescimento de 0,1% ao longo de 2023 (opondo-se às antevisões feitas no mês passado).

O abrandamento dos preços energéticos, o aumento dos apoios atribuídos por parte dos governos e à reabertura da economia chinesa com a queda da política “Covid Zero” explicam a nova previsão de desempenho da economia.

Os novos dados surgem depois da realização do Fórum Económico Mundial, em Davos, onde foram apresentadas perspetivas mais otimistas para a economia europeia em 2023. Anteriormente, Kristalina Georgieva, diretora geral do Fundo Monetário Internacional, antevia que metade da União Europeia ia estar em recessão em 2023. Mas agora, a presidente do Banco Central Europeu, Chritine Lagarde assegurou que o prognóstico económico parece “muito melhor”.

No mesmo evento, Mário Centeno, governador do Banco de Portugal, também se mostrou confiante. “Após a pandemia, temos uma guerra na Europa e temos uma crise na energia que atingiu a Europa fortemente, mas, mesmo assim, “com todos ingredientes, o crescimento – mesmo baixo – que vemos é reconfortante”.

“As nossas perceções mudaram rapidamente desde outubro”, reconheceu Andrew Kenningham. O economista-chefe para a Europa da Capital Economics, acrescentou que os apoios governamentais foram mais generosos do que o esperado, ao mesmo tempo que o setor automobilístico recuperou mais rapidamente do que o previsto após a pandemia.

Atualmente é 30% menos provável que ocorra uma recessão, valor que caiu face aos 90% anteriormente estimados, acrescentou Anna Titareva, economista da UBS Group AG.

Outro dos fatores que ajudou a impulsionar as perspetivas económicas foi a recente queda nos preços do gás, que recuaram para os valores que se registavam antes do início da invasão da Ucrânia pela Rússia.

A JPMorgan aumentou mesmo a sua previsão do PIB da Zona Euro em 2023 para 0,5%, depois de antecipar que os preços do gás natural seriam de cerca de 76 euros/MWh (em vez da expectativa inicial de 155 euros).

Apesar de tudo, ainda há economistas que mantêm a previsão de recessão. É o caso de Silvia Ardagna, economista-chefe para a Europa do Barclays, que avança que apesar de a queda da economia não ser tão acentuada quanto se previa, a zona económica europeia vai contrair durante dois trimestres consecutivos (o que vai ao encontro da definição de recessão económica).

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Economistas antecipam que Zona Euro vai evitar recessão este ano

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião