Mota-Engil supera em nove meses lucro e faturação de 2022

  • ECO e Lusa
  • 14 Novembro 2023

Construtora registou volume de negócios superior a quatro mil milhões de euros até setembro e lucros de 51 milhões de euros nos mesmos nove meses. Em ambos os casos, mais do que em todo o ano de 2022.

Os primeiros nove meses deste ano chegaram para a Mota-Engil EGL 2,11% superar os lucros e a faturação que obteve no total do ano passado.

Até setembro, o volume de negócios da construtora aumentou 66% face ao período homólogo e ultrapassou quatro mil milhões de euros, revela a empresa num trading update submetido à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). No ano passado, a faturação tinha ficado abaixo dos três mil milhões.

A empresa acredita que fica assim mais perto da “meta de alcançar no final do ano, e pela primeira vez na história do grupo, um valor anual superior a cinco mil milhões de euros de faturação”.

Além disso, num comunicado, a Mota-Engil revela que registou lucros atribuíveis de 51 milhões de euros até setembro. Não se conhece o resultado alcançado até setembro de 2022, porque a Mota-Engil tem apresentado contas semestralmente, mas a empresa tinha fechado o ano passado com lucros de 41 milhões de euros.

Nos nove meses até setembro, a empresa obteve ainda um EBITDA (resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações) de 551 milhões de euros, crescendo 56% em relação ao período homólogo.

O grupo revelou que reforçou a sua carteira de encomendas para 13,6 mil milhões de euros, “um crescimento de mil milhões de euros face a junho”.

“Todas as áreas de negócio apresentaram um crescimento mínimo de duplo dígito, com destaque para o negócio core de Engenharia e Construção, que cresceu 73% e de forma relevante em todas as regiões”, salientando a América Latina, com “um crescimento de 129%”, adiantou.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Mota-Engil supera em nove meses lucro e faturação de 2022

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião