BCP cai quase 6% pressionado com notícias vindas da Polónia

Os títulos do banco liderado por Miguel Maya estão esta quinta-feira a ser pressionados por uma decisão do Tribunal da Justiça da União Europeia desfavorável para a banca polaca.

As ações do Banco Comercial Português (BCP) BCP 0,79% liderado por Miguel Maya estão a cair 6% na sessão desta quinta-feira, por conta de uma decisão do Tribunal da Justiça da União Europeia (TJUE) desfavorável para a banca polaca sobre os empréstimos contratualizados em francos suíços.

Segundo os juízes, os mutuários destes créditos não têm de enfrentar longos processos burocráticos para reaverem o dinheiro que pagaram indevidamente e os credores (os bancos) não podem aplicar-lhes juros ou taxas adicionais sobre essas operações.

No seguimento desta decisão, a Associação de Bancos da Polónia emitiu um comunicado dando nota de que “o acórdão de hoje não altera de modo algum a posição dos bancos ou dos mutuários“, salientando ainda que, “por conseguinte, os bancos continuam a defender a posição de que a resolução de litígios continua a ser a melhor forma de os resolver.”

A decisão do TJUE faz parte de um processo que decorre há cerca de uma década, tendo já gerado centenas de milhares de ações judiciais nos tribunais polacos por parte de titulares de créditos hipotecários descontentes com cláusulas potencialmente “abusivas” nos seus contratos, normalmente pedindo a sua anulação.

Os títulos do Bank Millennium, instituição controlada em 50,1% pelo BCP, está a negociar atualmente com uma queda de 2%, depois de já ter estado a cair mais de 4%.

Os títulos do BCP encontram-se a negociar com uma queda de 5,8%, com as ações a cotarem nos 0,3072 euros, depois de durante a manhã terem estado a cair 6,6%.

(Notícia atualizada às 15h com comunicado da Associação de Bancos da Polónia)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

BCP cai quase 6% pressionado com notícias vindas da Polónia

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião