Dez acionistas ficam com quase metade dos dividendos da bolsapremium

A maior fatia dos dividendos das cotadas portuguesas será encaixada por um reduzido número de acionistas. Conheça o destino dos 2,5 mil milhões de euros por tipo de acionista, nacionalidade e país.

Os acionistas da EDP vão receber aproximadamente 750 milhões de euros em dividendos a partir desta quinta-feira, um pagamento que dá o pontapé de saída na época de dividendos da bolsa portuguesa. A maior fatia deste total vai para os grandes acionistas da elétrica e para investidores estrangeiros, uma tendência que é quase transversal nas cotadas portuguesas que pagam dividendos, como mostramos neste artigo que visa identificar para onde vão os dividendos das 17 cotadas portuguesas que remuneram os acionistas. Outra das tendências notórias que se conclui com a análise aos números globais é a elevada concentração de capital das cotadas portuguesas num reduzido número de acionistas. Os dez acionistas que vão receber os maiores cheques com dividendos, ao longo das próximas semanas, vão

Assine para ler este artigo

Aceda às notícias premium do ECO. Torne-se assinante.
A partir de
5€
Veja todos os planos