Comboio Ucrâniapremium

A Ucrânia é uma zona onde habitam homens e armas para tentar salvar uma identidade e uma cultura nacionais.

Já viajei em comboios iguais aos que saem de Lviv. São comboios de uma outra era, fabrico soviético, ruidosos, frios e quentes, cortam o ar a uma velocidade pequena mas parecem deslocar-se com uma rapidez alucinada. Hoje posso afirmar que o comboio em que viajei de Budapeste a Varsóvia estava a fugir de um inimigo invisível quando acelerava e a esconder-se de uma ameaça imaginária quando travava. Quando travam é o Mundo todo que trava com uma força que nos precipita contra os assentos forrados de tecido barato, sujo, simplesmente kitch. As máquinas guardam a memória no metal de que são feitas, enquanto as portas se abrem e se fecham gastas pela ferrugem, cobertas por sucessivas camadas de tinta nas cores nacionais e a promessa de um destino no outro lado da Europa. A viagem de Lviv vem em

Assine para ler este artigo

Aceda às notícias premium do ECO. Torne-se assinante.
A partir de
5€
Veja todos os planos