Editorial

Twitter, a maior praça digital do mundopremium

Musk está mesmo em vias de comprar o Twitter por 44 mil milhões de dólares., resta saber para quê. Mas, coincidência, na semana deste negócio, Bruxelas aprovou novas regras para as redes sociais.

Nem de propósito... Na mesma semana em que o conselho de administração do Twitter aconselhava os seus acionistas a aceitarem a proposta de 44 mil milhões de dólares apresentada por Elon Musk, cerca de 54 dólares por ação, o Parlamento Europeu e os Estados-membros da União Europeia chegavam a acordo sobre a proposta da Comissão Europeia relativamente ao designado Digital Service Act, um pacote legislativo que visa dar mais transparência, e maior responsabilidade, às plataformas de redes sociais em relação ao conteúdo publicado. Dito de forma simples, como dizia a presidente da Comissão Europeia, Ursula von Der Leyen, de forma cristalina, para assegurar que o que é ilegal offline é ilegal online. A defesa intransigente da liberdade de expressão -- relação direta com a liberdade de imprensa

Assine para ler este artigo

Aceda às notícias premium do ECO. Torne-se assinante.
A partir de
5€
Veja todos os planos