Uma ideia para 2022: Trabalhar (menos e) melhorpremium

  • Inês Palma Ramalho
  • 14 Janeiro 2022

Foi preciso uma pandemia à escala mundial para se perceber que, se calhar, um trabalhador excelente não é aquele que apaga a luz ou que fica mais horas seguidas à secretária.

Assine para ler este artigo

Aceda às notícias premium do ECO. Torne-se assinante.
A partir de
5€
Veja todos os planos
  • Inês Palma Ramalho
  • Associada sénior na Sérvulo & Associados