Crédito

Os bancos concederam 849 milhões de euros em empréstimos para a casa, em junho. Crédito total é de 4.931 milhões na primeira metade do ano, o valor mais elevado desde 2010.

Num total de 88 mil novos créditos para a casa, o imóvel foi dado como garantia aos bancos em quase todos. Mas em mais de 500 destes créditos não houve lugar a hipoteca.