Poupança

Início do ano trouxe uma queda acentuada no investimento em produtos de poupança do Estado: rombo foi de 660 milhões em janeiro. Isto deveu-se à quebra nos Certificados do Tesouro.