Join Life. Já pode comprar roupa sustentável na Zara

A marca do grupo Inditex acaba de lançar linha Join Life, que usa materiais e técnicas de produção mais amigas do ambiente.

A Zara, a marca-estrela do grupo espanhol Inditex, acaba de lançar a primeira linha pensada e produzida com preocupações ambientais. A coleção da Join Life já está à venda e inclui um lookbook com peças que poderão servir de resposta à linha da H&M Conscious, também pensada com os mesmos objetivos.

As peças da Join Life são produzidas com algodão orgânico, tencel e com polyester reciclado, três componentes mais sustentáveis do que os tradicionalmente usados nas peças que as lojas da rede vendiam, até agora. Ainda que as primeiras peças sustentáveis tenham sido apresentadas ao mercado, pela primeira vez, em novembro do ano passado, a Zara entrega apenas agora a primeira coleção completa da linha, que inclui um lookbook com a modelo Sasha Pivovarova.

A coleção Join Life é produzida a partir de uma tecnologia a que o grupo Inditex chama Green to Wear, que inclui reciclagem de água e produção de acordo com modelos de sustentabilidade ambiental no tratamento e tingimento dos tecidos.

Recentemente, a Inditex anunciou que pretende fazer esforços para tornar as lojas da rede eco-eficientes, diminuindo o consumo de eletricidade e de emissões. Tudo para reduzir o impacto da empresa na pegada ambiental: em 2015, a empresa gerou mais de 1.831.142 quilos de desperdício de tecidos e mais e 11.065.644 quilos de papel e cartão. A nova estratégia passa também pela reciclagem de roupa usada, aplicada, numa primeira fase, a algumas dezenas de lojas em Espanha.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Join Life. Já pode comprar roupa sustentável na Zara

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião