Quando o Xi Jinping usa, todos os chineses usam

  • Ana Luísa Alves
  • 30 Setembro 2016

Sabe o que têm em comum a cerveja britânica com o gelado russo? Sempre que o presidente Xi Jinping os consome, as venda na China disparam.

A devoção do povo chinês pelos seus líderes faz com que estes sejam tidos como exemplos a seguir. Tudo o que eles visitam, comem, ou usam torna-se naquilo que é mais… visitado, comido e utilizado.

No ano passado, depois do presidente Xi Jinping, líder do Partico Comunista Chinês, ter visitado um pub britânico com o primeiro ministro da altura, David Cameron, as vendas da cerveja britânica subiram exponencialmente na capital chinesa, de acordo com o que a agência Xinhua referiu em outubro. Uma das empresas que na capital importa a cerveja britânica, a Britain’s Greene King IPA, disse em comunicado estar a planear aumentar as importações de seis mil para 80 mil garrafas por mês.

Também nos gelados russos se registou um aumento de vendas, no início deste mês, depois de o presidente Vladamir Putin ter trazido alguns como presente para Xi Jinping, durante a cimeira do G-20 em Hangzhou, segundo o diário chinês Chengdu noticiou esta terça-feira.

“Ao longo da história os chineses têm olhado para os seus líderes como exemplo, e é isso que acontece com Xi, especialmente entre os jovens”, disse Beijinger Wu Ge, de 63 anos, à Bloomberg. E seguir os líderes é muitas vezes igualá-los no que usam, comem, vestem e visitam.

O impacto do líder comunista chinês estende-se além da cerveja e dos gelados: depois de Xi Jinping ter visitado a Nova Zelândia, em novembro de 2014, e depois de ter sido exibido no país um conhecido reality show chinês, também nesse ano, os turistas chineses na Nova Zelândia aumentaram substancialmente.

Ainda em 2015, as pesquisas online chinesas continham palavras-chave como “Nova Zelândia”, “Turismo da Nova Zelândia” ou “Nova Zelândia Visa”, refere o analista Zhu Shing, da Milford Asset Management, em Auckland.

Editado por Paulo Moutinho

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Quando o Xi Jinping usa, todos os chineses usam

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião