Imposto extra no IUC dos diesel mantém-se em 2017

A proposta de Orçamento do Estado prevê a manutenção, durante o próximo ano, da taxa adicional que recai sobre o imposto de circulação dos carros a gasóleo.

Os proprietários de automóveis a gasóleo vão continuar a suportar um custo extra com o Imposto Único de Circulação (IUC). Na proposta preliminar de Orçamento do Estado para o próximo ano obtida pela SIC é referido que esta contribuição adicional mantém-se em vigor em 2017.

“O adicional de IUC (…) aplicável sobre os veículos a gasóleo enquadráveis nas categorias A e B do IUC (…) mantém-se em vigor durante o ano de 2017”, refere o documento obtido pela SIC. A proposta é entregue esta tarde na Assembleia da República.

Esta taxa extra para os carros a gasóleo foi introduzida em 2014. A taxa adicional varia em função da cilindrada, mas também da idade do veículo, chegando a um máximo de 68,85 euros. Este valor não sofre alterações desde a sua introdução.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Imposto extra no IUC dos diesel mantém-se em 2017

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião