Segurança Social volta a receber transferência extra para financiar défice

  • Cristina Oliveira da Silva
  • 14 Outubro 2016

A Segurança Social vai voltar a receber uma transferência extraordinária do Orçamento do Estado. Em causa estão 429,6 milhões de euros, menos 33,9% face a 2016.

A Segurança Social vai voltar a receber uma transferência extraordinária do Orçamento do Estado para financiar o défice do sistema. Em causa estão 429,6 milhões de euros, um valor inferior, em 33,9% ao montante deste ano, indica o relatório do Orçamento do Estado para 2017.

“No Sistema Previdencial da Segurança Social registar-se-á em 2017 uma diminuição de 33,9% da necessidade de compensação por transferências extraordinárias do Orçamento do Estado face ao ano de 2016”, indica o relatório.

A justificar a “significativa redução” desta transferência extraordinária está “a expetativa de continuação da recuperação financeira do sistema, fruto sobretudo da melhoria esperada do contexto macroeconómico, bem como de medidas de eficácia na declaração e cobrança de contribuições“. A Segurança Social espera arrecadar 15,4 mil milhões de euros em contribuições no próximo ano, mais 3,6% face a este ano.

De acordo com o relatório, o saldo global deverá ficar abaixo dos 1,1 mil milhões de euros, menos 20,42 milhões comparando com 2016.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Segurança Social volta a receber transferência extra para financiar défice

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião