Lucro do Goldman Sachs dispara quase 50%

  • Rita Atalaia
  • 18 Outubro 2016

O lucro do Goldman Sachs subiu acentuadamente no terceiro trimestre. Isto depois de as receitas obtidas com a negociação de obrigações terem ficado acima das expetativas dos analistas.

O Goldman Sachs, um dos bancos mais rentáveis de Wall Street, revelou uma subida acentuada dos lucros no terceiro trimestre. Isto depois de as receitas da unidade referente à negociação de obrigações terem ficado acima do que era esperado pelos analistas. O CEO salientou o forte desempenho das várias áreas de negócio que ajudou a compensar o típico abrandamento sazonal.

Os lucros dispararam 47% para 2,09 mil milhões de dólares, ou 4,88 de dólares por ação. Este resultado compara com os 1,43 mil milhões, ou 2,90 por ação, registados no terceiro trimestre de 2015, de acordo com um comunicado divulgado pelo banco, citado pela Bloomberg.

"Assistimos a um desempenho forte das várias áreas de negócio, o que ajudou a compensar o típico abrandamento sazonal.”

Lloyd Blankfein

CEO do Goldman Sachs

As receitas da unidade de dívida cresceram para 1,96 mil milhões de dólares, superando a estimativa de 1,7 mil milhões de analistas inquiridos pela Bloomberg. O banco aplicou um corte de 10% ao número de funcionários desta divisão, o dobro do que tem sido habitual fazer em cada ano.

Assistimos a um forte desempenho das várias áreas de negócio, o que ajudou a compensar o típico abrandamento sazonal”, diz o CEO do banco. Lloyd Blankfein reduziu o número dos postos de trabalho e diminuiu os salários para diminuir os encargos. Este trimestre mostra que a estratégia compensou.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Lucro do Goldman Sachs dispara quase 50%

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião