SLN Valor declarada insolvente. E com dívida ao Estado

  • Rita Atalaia
  • 7 Novembro 2016

A SLN Valor está insolvente. Isto depois de não ter havido a possibilidade de uma recuperação. A empresa tem uma dívida de 471 milhões de euros ao Estado e apenas 30 dias para reclamar da decisão.

A SLN Valor, que tinha Oliveira Costa como um dos acionistas, foi declarada insolvente desde o início deste mês. Isto depois de ter sido chumbada a sua revitalização. A empresa, que tem uma dívida de 471 milhões de euros ao Estado, tem 30 dias para reclamar desta decisão.

“Na Comarca de Lisboa, Lisboa – Inst. Central – 1ª Secção Comércio – J1 de Lisboa, no dia 03-11-2016, às 18:30 horas, foi proferida sentença de declaração de insolvência do devedor: S.L.N. Valor, S.G.P.S., S.A”, de acordo com um despacho publicado no Citius. A sociedade estatal Parvalorem é a dona de 93% da dívida da SLN Valor.

A decisão foi hoje publicada e têm agora 30 dias para reclamar. Nesta reclamação tem de ser incluída a origem do créditos, data de vencimento, montante de capital e dos juros. No despacho lê-se ainda que, para o futuro da sociedade, “pode ser aprovado um plano de insolvência, com vista ao pagamento dos créditos sobre a insolvência, a liquidação da massa e a sua repartição pelos titulares daqueles créditos e pelo devedor”.

Ficou mais difícil fugir a esta insolvência depois de a SLN Valor não ter chegado a um acordo para a reduzir a sua dívida. A 19 de outubro, o Processo Especial de Revitalização pedido em maio passado foi encerrado, sem sucesso, pondo fim a uma possível recuperação da empresa. Agora a SLN Valor, que detinha 31,7% da Galilei, a ex-SLN e cujo grande ativo era o BPN, fica ainda com uma dívida de 471 milhões de euros ao Estado por resolver.

Apoie o jornalismo económico independente. Contribua

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso. O acesso às notícias do ECO é (ainda) livre, mas não é gratuito, o jornalismo custa dinheiro e exige investimento. Esta contribuição é uma forma de apoiar de forma direta o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo rigoroso e credível, mas não só. É continuar a informar apesar do confinamento, é continuar a escrutinar as decisões políticas quando tudo parece descontrolado.

Introduza um valor

Valor mínimo 5€. Após confirmação será gerada uma referência Multibanco.

Comentários ({{ total }})

SLN Valor declarada insolvente. E com dívida ao Estado

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião