Aperta acelera lucros da Ferrari

Lucros no terceiro trimestre superaram estimativas dos analistas, levando a icónica fabricante de automóveis de luxo a rever em alta projeções para o resto do ano.

A Ferrari reviu em alta as suas projeções para o lucro em 2016 depois de ter apresentado resultados no terceiro trimestre que superaram as estimativas dos analistas perante uma sólida procura do mercado por automóveis de luxo.

A fabricante de automóveis da icónica marca do cavalino rampante melhorou as suas previsões para o EBITDA — lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização — até 850 milhões de euros face a uma expectativa inicial de 800 milhões de euros. Quanto aos resultados antes juros e impostos, foram de 172 milhões de euros, um aumento de 23% face ao mesmo período do ano passado, batendo a estimativa de 144 milhões dos analistas sondados pela Bloomberg.

Depois de entrar para a bolsa no final do ano passado, a Ferrari tem procurado apresentar uma estratégia para melhorar a rentabilidade da empresa que convença os investidores. Parte desses esforços passa pelo alargamento da sua oferta de modelos de quatro lugares, como o GTC4 Lusso T, com um pequeno motor V8, e de modelos de luxo, como o seu exclusivo LaFerrari Aperta, de 2,1 milhões de dólares, que esgotou sem sequer ir para o mercado.

cropped-ferrari-gtc4-lusso-t
Novo Ferrari GTC4 Lusso T é uma das apostas da marca italiana. (Foto: DR)

O CEO Sergio Marchione, que também lidera a Fiat Chrysler da qual a Ferrari se separou em 2015, já tentou expandir o negócio da Ferrari além do setor automóvel, desafiou as marcas de luxo como a Hèrmes e Louis Vitton, mas falhou.

A Ferrari estreou-se na bolsa em novembro passado com um preço de 52 dólares por ação. Atualmente vale 51,07 dólares, tendo chegado a valer 32 dólares em fevereiro.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Aperta acelera lucros da Ferrari

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião