Banco suíço cobra comissão a contas milionárias

  • Juliana Nogueira Santos
  • 11 Novembro 2016

A manutenção dos juros em mínimos históricos levou o PostFinance a cobrar comissão sobre contas milionárias.

O PostFinance, o banco postal suíço, vai aplicar uma comissão anual de 1% aos clientes particulares que tenham depósitos superiores a um milhão de francos suíços. A medida faz parte de um pacote de reformas motivado pelos juros negativos (-0,75%) que têm sido impostos pelo Banco Central Suíço. “Entendo que estas medidas não vão ser muito populares entre os clientes. Ninguém gosta de pagar taxas.”, declarou Hansruedi Köng, presidente executivo do PostFinance.

O banco afirmou que desde 22 de janeiro de 2015, data em que a autoridade monetária estabeleceu a cobrança de juros negativos, já gastou 10 milhões de francos suíços — cerca de 9,32 milhões de euros — para equilibrar as contas. Os lucros sofreram uma redução de cerca de 21% no primeiro semestre de 2016.

Em termos práticos, isto significa que um cliente que tenha 1.000.001 francos suíços na sua conta, passa a pagar ao banco 10.000 francos suíços por ano, sendo estes cobrados mensalmente, num valor de 833,33 francos suíços.

A acrescentar a isto, os clientes vão também sofrer um corte nas taxas de juros das suas contas poupança na ordem dos 0,0250%, sendo as contas jovem e estudante a serem as mais afetadas.

 

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Banco suíço cobra comissão a contas milionárias

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião