Está a gastar 13% a mais nos medicamentos que compra. Sabia?

  • Ana Luísa Alves
  • 22 Novembro 2016

O novo estudo da Deco prova que embora os medicamentos de venda livre sejam mais baratos nas grandes superfícies, os portugueses continuam a preferir comprá-los em farmácias.

Ainda prefere ir a uma farmácia comprar os seus medicamentos? A maioria dos portugueses, sim. Mas nas grandes superfícies comerciais, são mais baratos. Pode poupar, média, 13%.

O novo estudo da Deco mostra que os portugueses continuam a preferir comprar os medicamentos não sujeitos a receita médica (MNSRM), embora sejam mais baratos nas grandes superfícies. Dos 34 medicamentos incluídos no estudo, 11 aumentaram quase 40%.

No estudo foram analisados 24 medicamentos não sujeitos a receita médica e dez produtos para cuidados pessoais. A diferença média dos preços registados nos MNSRM ronda os 13%, para os outros produtos não passa dos 4%. Em conjunto, os 24 medicamentos custam 118,5 euros no hipermercado e 134 euros nas parafarmácias e nas farmácias.

No comunicado da Deco é ainda dito que as maiores discrepâncias encontradas, “a rondar o triplo do preço cobrado ao consumidor pelo mesmo produto (para o tratamento de piolhos)” foram detetadas nas farmácias. O mesmo produto pode custar entre 7 a 20 euros a mais nos supermercados.

Outro dado mostrado é o do volume do aumento global dos onze medicamentos analisados desde 2005, quando o preço foi liberalizado com os objetivos de baixar o custo e aumentar o acesso. Ficaram mais caros 39%.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Está a gastar 13% a mais nos medicamentos que compra. Sabia?

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião