PS recua: olímpicos e paralímpicos são iguais

A proposta do PCP foi aprovada na votação em especialidade da Comissão de Orçamento e Finanças (COFMA). Partido Socialista tinha sido o único a votar contra, mas mudou a intenção de voto.

O Partido Socialista tinha sido o único a votar contra a proposta do PCP para equiparar os prémios de mérito desportivo nas provas paralímpicas aos atribuídos nas provas olímpicas, mas recuou no final da reunião da COFMA. O grupo parlamentar socialista pediu para rever o sentido de voto, alterando o “não” para “sim”. Na primeira ronda de votos a proposta dos comunistas tinha sido aprovada pelo PCP, BE, PSD e CDS.

A proposta do PCP foi aprovada na votação em especialidade da Comissão de Orçamento e Finanças (COFMA), esta quinta-feira de tarde, em relação às propostas de alteração à proposta de Orçamento do Estado para 2017 apresentada pelo Governo a 14 de outubro.

Em causa estão os montantes dos prémios dados aos atletas em reconhecimento do valor e mérito dos êxitos desportivos. A proposta dos comunistas quer, “sem prejuízo da necessidade de promover uma política integrada de acesso à prática desportiva”, equiparar os valores atribuídos “nas provas paralímpicas aos atribuídos nas provas olímpicas”.

Na proposta, o PCP ressalva que essa equiparação tem de garantir que não há redução dos montantes atribuídos. Eis os valores em questão praticados atualmente segundo a Portaria n.º 103/2014, de 15 de maio, que o Partido Comunista Português cita:

portaria

(Notícia atualizada às 18h45 com alteração do sentido de voto do PS no final da reunião da COFMA)

Editado por Mariana de Araújo Barbosa (mariana.barbosa@eco.pt)

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

PS recua: olímpicos e paralímpicos são iguais

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião