PCP e direita aprovam museus gratuitos ao domingo

O PCP contou com a ajuda do PSD e CDS, além do BE, para aprovar uma proposta para repor a gratuitidade dos museus nos domingos e feriados, até às 14h00.

O Partido Comunista Português propôs, o Partido Socialista não queria, mas a direita e o Bloco de Esquerda ajudaram a proposta a ser aprovada. No próximo ano voltará a ser gratuita a entrada nos museus e monumentos nacionais nos domingos e feriados até às 14h00 para todos os cidadãos residentes em território nacional.

“Durante o ano de 2017 o Governo adota as medidas necessárias à reposição da gratuitidade da entrada nos museus e monumentos nacionais nos domingos e feriados até às 14h00 para todos os cidadãos residentes em território nacional”, pode ler-se na proposta dos comunistas que foi aprovada pelo BE, PSD e CDS.

Além disso, a proposta refere que tem de haver uma compensação através do Fundo Fomento Cultural. “Para efeitos do estabelecido no número anterior é garantida aos museus e monumentos nacionais a compensação correspondente às entradas registadas através da reafectação de verbas do Fundo Fomento Cultural”, propõe o PCP.

pcp proposta

Na justificação da proposta, os comunistas escrevem que a cultura é o “pilar do regime democrático e condição para a formação integral do indivíduo, essencial para emancipação individual e coletiva”.

Editado por Pedro Sousa Carvalho

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

PCP e direita aprovam museus gratuitos ao domingo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião