Fillon é o candidato da direita francesa às presidenciais de 2017

O ex-primeiro francês François Fillon é o grande vencedor. Alain Juppé já reconheceu a derrota.

François Fillon é o candidato de direita francesa nas eleições presidenciais de abril do próximo ano. A vitória do ex-primeiro ministro francês François Fillon era já apontada como certa, por uma sondagem da Reuters que dava ao candidato 61% dos votos contra 39% de Alain Juppé. Numa altura em que estão contados mais de metade dos votos Fillon arrecadava 68% dos votos enquanto que Juppé se ficava apenas pelos 32%.

Fillon foi primeiro-ministro durante a presidência de Nicolas Sarkozy, que acabou por surpreendentemente expulsar da corrida, durante a primeira volta das primárias. Aliás Sarkozy terá sido mesmo o primeiro a felicitar o vencedor. Alain Juppé, também ele ex-primeiro-ministro francês durante a presidência de Jacques Chirac, já reconheceu a derrota afirmando que Fillon teve uma “grande vitória”.

Já Fillon prometeu durante o discurso da vitória ir “ao encontro de todos os que têm orgulho de ser franceses“. Uma declaração vista como uma aproximação aos eleitores que poderão estar inclinados a votar na candidata da Frente Nacional às presidências, Marine Le Pen.

Nas eleições que decorreram este domingo votaram cerca de 4,5 milhões de eleitores, um número que supera a participação da primeira volta.

Fillon de 62 anos de idade, apresenta um programa ultraliberal na economia e conservador nas questões da sociedade, como a pouca flexibilidade para com os imigrantes muçulmanos, a defesa da família, da língua francesa e a preservação da identidade. Católico assumido, a vitória de Fillon é vista como uma viragem à direita.

Os candidatos já confirmados na corrida às presidências francesas são para já François Bayrou do Movimento Democrático, Nicolas Dupont Aignan da França de Pé, Yannick Jadot dos Verdes, Jean- Luc Mélenchon do Partido de Esquerda, Nathalie Artnaud da Luta Operária e Philippe Poutou do Novo Partido Anticapitalista.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Fillon é o candidato da direita francesa às presidenciais de 2017

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião