Vai uma leitura de cinco minutos no comboio?

  • Ana Luísa Alves
  • 29 Novembro 2016

Máquina que vende histórias em pequenos talões e ainda lhe permite escolher o tamanho da história que quer ler, consoante o tempo que tem. Vai uma história para os próximos cinco minutos?

No meio da rotina do dia-a-dia é bom encontrar alguma distração. Trazer um livro de casa é boa ideia, mas para os cidadãos franceses existe agora uma maneira de se ocuparem durante as suas deslocações: uma máquina que imprime pequenas histórias depois de pressionar um botão.

A máquina de “Short Stories Distributor” foi criada pela Short Edition, um site francês que permite que os escritores se liguem ao público que os lê. Atualmente tem cinco mil autores e 170 mil leitores registados. A máquina imprime uma das cinco mil histórias e o utilizador pode escolher de que tamanho a quer, através dos botões que pressiona. As opções são de uma história de um, três ou cinco minutos. O resultado vem num pequeno talão, como se fosse um de supermercado.

“Pensámos que podia ser divertido distribuir histórias numa máquina de venda de rua”, disse o diretor da Short Edition, Christophe Sibieude, citado pelo Fastcoexist.

3065822-slide-s-4-this-vending-machine-prints-short-stories-for-french-commuters

Segundo o site, o mais famoso comprador destas máquinas é Francis Ford Coppola, cineasta norte-americano, criador de sagas como “O Padrinho”. Francis comprou uma para São Francisco, nos EUA, e instalou-a perto do seu restaurante, Zoetrope. O cineasta gosta de histórias pequenas, porque se leem num lugar apenas, como um filme. Mas a maioria destas máquinas de venda estão na França. Há 24 unidades de venda instaladas em estações de comboio e em breve existirão mais 11 máquinas.

Estas máquinas de venda não são novidade. Em Londres já existem há cerca de 15 anos e vendem peças de arte local. A vantagem destas máquinas de “leitura rápida” é que cada leitor pode deixá-la no seu banco para alguém mais tarde ler também.

Editado por Mónica Silvares

Comentários ({{ total }})

Vai uma leitura de cinco minutos no comboio?

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião