Galp deu energia ao PSI-20 em dia de OPEP

  • Rita Atalaia
  • 30 Novembro 2016

O dia foi da Galp Energia. A petrolífera disparou depois de a OPEP ter chegado a um acordo, beneficiado da subida dos preços do petróleo. A petrolífera animou o PSI-20, que acompanhou a Europa.

Hoje foi dia de ganhos para a Galp Energia. A petrolífera avançou quase 5%, impulsionada pelos ganhos do petróleo. Uma subida que acontece depois de a OPEP ter conseguido finalmente definir as bases de um acordo para reduzir a produção de petróleo. O “ouro negro” brilhou e as bolsas negociaram no verde, com o PSI-20 a acompanhar o otimismo na Europa e nos EUA.

O PSI-20 encerrou em alta de 0,9% para 4.454,87 pontos, com a Galp Energia a puxar pela bolsa nacional. A petrolífera acelerou 4,5% para 12,77 euros, beneficiando da subida de quase 8% do barril do Brent, para níveis perto dos 50 dólares. O mercado petrolífero está a sentir o impacto positivo da reunião da OPEP, quando o cartel conseguiu finalmente chegar a acordo sobre os detalhes para um corte da produção. A subida podia ter sido ainda mais acentuada se estes detalhes já tivessem sido entretanto divulgados.

Os três principais produtores do cartel — Arábia Saudita, Iraque e Irão — resolveram as diferenças em relação a este corte de produção. O cartel vai reduzir a produção em 1,2 milhões de barris por dia para 32,5 milhões por dia, confirmou um delegado da OPEP, citado pela Bloomberg, em Viena, na Áustria. E o efeito do corte está a fazer-se sentir de forma expressiva nas cotações da matéria-prima.

“Os preços reagiram positivamente, mas o diabo está nos detalhes”, diz Carsten Fritsch, analista do Commerzbank. “Temos de esperar para perceber de que forma é que os cortes se vão distribuir pelos países e se isso é de confiança ou não”, explica o analista. Carsten Fritsch diz que a reação inicial dos preços do petróleo pode ter sido contida, uma vez que o mercado esperava um corte mais acentuado.

Ainda na energia, o grupo EDP não ficou atrás. A EDP conseguiu ganhar 0,63% e a subsidiária EDP Renováveis acelerou 0,3%. Destaque ainda para as papeleiras, que regressaram aos ganhos. A Altri subiu 1,55%, enquanto a Semapa valorizou 1,04%.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Galp deu energia ao PSI-20 em dia de OPEP

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião