5 coisas que tem de saber antes de abrirem os mercados

Da reação dos mercados ao resultado do referendo italiano às palavras de vários membros da Fed e do Governador do banco do Japão, há muito a que os investidores devem estar atentos no dia de hoje.

Após um período marcado pelos receios dos investidores em torno do resultado do referendo italiano que se realizou este domingo, será importante acompanhar a reação dos mercados financeiros. Na Europa, serão também conhecidos novos dados que confirmarão, ou não, uma melhoria da situação económica da Zona Euro, ao mesmo tempo que o Eurogrupo se reúne para discutir os orçamentos dos diversos estados-membros. A política monetária dos principais bancos centrais também promete estar no centro das atenções. Três responsáveis da Fed falam hoje em diferentes eventos, enquanto o Governador do Banco do Japão participa no fórum Paris Europlace.

Reação dos mercados ao referendo italiano

Apesar de os especialistas anteciparem que a permanência de Itália na União Europeia não estaria em causa, independentemente do desfecho do referendo sobre as propostas de reformas à constituição italiana realizado este domingo, os últimos dias foram marcados por alguma incerteza nos mercados financeiros. Os investidores devem assim estar atentos aquele que será o rumo dos mercados nesta segunda-feira, dia em que se dissipam as dúvidas suscitadas nos últimos dias em relação à permanência ou não de Matteo Renzi no Governo.

Novo teste à saúde económica da Europa

A leitura final do índice de gestores de preços (PMI) compósito para novembro deve confirmar os sinais de recuperação na Zona Euro. A leitura preliminar de novembro e os dados de outubro, mostram que o indicador ficou nos 53,7 pontos, 0,8 pontos acima da média do terceiro trimestre. Os dados do PMI para Itália e Espanha, também vão ser publicados pela primeira vez. No Reino Unido, o mesmo indicador deve confirmar uma subida para 54,8 pontos, acima dos 53,9 anteriores. Se este nível for mantido durante o resto do trimestre, será consistente com um crescimento trimestral de 0,4%.

Eurogrupo discute propostas de orçamento

Os ministros das finanças da Zona Euro reúnem-se hoje, em Bruxelas, para discutirem as propostas de orçamento dos Estados-membros para 2017. O Eurogrupo também vai falar sobre a segunda avaliação ao programa de ajustamento económico da Grécia.

Que novidades há sobre a Fed?

Quando já é dado como quase certo um movimento de subida de juros na maior economia do mundo já este mês, vários membros da Reserva Federal dos EUA podem dar hoje novas pistas sobre os próximos passos da entidade liderada por Janet Yellen. O presidente do banco da Reserva Federal de Nova Iorque, William Dudley, vai apresentar uma perspetiva macroeconómica, enquanto Charles Evans, responsável pelo banco de Chicago, fala sobre as condições económicas atuais e a política monetária. Em St. Louis, James Bullard, pronuncia-se acerca da economia dos Estados Unidos.

Kuroda fala em Paris

O Governador do Banco do Japão, Haruhiko Kuroda, é um dos oradores no fórum Paris Europlace. Será interessante acompanhar as palavras do responsável pela política monetária do Japão, numa altura em que o país continua a injetar estímulos na economia.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

5 coisas que tem de saber antes de abrirem os mercados

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião