Foi descoberto um desenho de Leonardo da Vinci entre papéis velhos

  • Juliana Nogueira Santos
  • 13 Dezembro 2016

Um estudo do mártir São Sebastião que vale 15 milhões esteve escondido durante anos no escritório de um médico reformado.

Se precisa de uma forte razão para arrumar a papelada que anda há algum tempo pelo seu escritório, a última descoberta da Tajan vale milhões: 15 milhões de euros. A leiloeira francesa recebeu no princípio deste ano, por mero acaso, um esboço que terá sido feito pelo artista italiano Leonardo da Vinci.

Numa tarde de primavera, um médico reformado francês deslocou-se à leiloeira para mostrar alguns desenhos que tinha encontrado entre os papéis velhos do seu pai, e entre outros de pouco valor, estava um esboço a caneta com mais de 530 anos cuja técnica se assemelha à utilizada por da Vinci nos seus famosos estudos. O homem, cuja identidade foi mantida anónima a seu pedido, foi aconselhado a mostrá-los a um especialista, mal sabendo o que tinha em sua posse.

Desenho-DaVinci
O desenho esteve escondido durante anos numa pilha de papéis. Fonte: Tajan.Tajan

Este será um dos oito estudos do mártir São Sebastião, feitos por da Vinci e mencionados no Codex Atlanticus, e mostra-o atado a uma árvore numa paisagem. Além disto, o desenho parece ter sido feito por um canhoto — tal como Leonardo era — e apresenta no verso dois estudos diagramáticos da chama de uma vela, acompanhados de notas escritas em italiano renascentista, também elas por um canhoto.

Verso-daVinci
Os esboços e notas no verso do desenho não deixam dúvidas. Fonte: Tajan

A descoberta desta peça rara foi anunciada apenas esta semana, visto que o dono da leiloeira, Thaddée Prate, procurou a opinião de outros especialistas, nomeadamente a um especialista independente e conselheiro em desenhos antigos, Patrick de Bayser, e a uma curadora do MOMA, Carmen C. Bambach. Ambos afirmaram, sem qualquer dúvida, que esta era uma peça autêntica. Também os curadores do Museu do Louvre tiveram oportunidade de a inspecionar, mas não foi declarada nenhuma posição oficial.

O esboço será leiloado em junho do próximo ano. Contudo, a lei francesa permite que uma obra seja considerada tesouro nacional, travando assim a sua saída do país. Se isto acontecer, o governo terá 30 dias para fazer uma oferta que coincida com o seu valor de mercado.

O jornalismo continua por aqui. Contribua

Sem informação não há economia. É o acesso às notícias que permite a decisão informada dos agentes económicos, das empresas, das famílias, dos particulares. E isso só pode ser garantido com uma comunicação social independente e que escrutina as decisões dos poderes. De todos os poderes, o político, o económico, o social, o Governo, a administração pública, os reguladores, as empresas, e os poderes que se escondem e têm também muita influência no que se decide.

O país vai entrar outra vez num confinamento geral que pode significar menos informação, mais opacidade, menos transparência, tudo debaixo do argumento do estado de emergência e da pandemia. Mas ao mesmo tempo é o momento em que os decisores precisam de fazer escolhas num quadro de incerteza.

Aqui, no ECO, vamos continuar 'desconfinados'. Com todos os cuidados, claro, mas a cumprir a nossa função, e missão. A informar os empresários e gestores, os micro-empresários, os gerentes e trabalhadores independentes, os trabalhadores do setor privado e os funcionários públicos, os estudantes e empreendedores. A informar todos os que são nossos leitores e os que ainda não são. Mas vão ser.

Em breve, o ECO vai avançar com uma campanha de subscrições Premium, para aceder a todas as notícias, opinião, entrevistas, reportagens, especiais e as newsletters disponíveis apenas para assinantes. Queremos contar consigo como assinante, é também um apoio ao jornalismo económico independente.

Queremos viver do investimento dos nossos leitores, não de subsídios do Estado. Enquanto não tem a possibilidade de assinar o ECO, faça a sua contribuição.

De que forma pode contribuir? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

Obrigado,

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Foi descoberto um desenho de Leonardo da Vinci entre papéis velhos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião