Rui Vilar: “Portugal deve a democracia a Soares”

Rui Vilar, ministro no primeiro Governo de Mário Soares, destaca o "grande defensor do nosso regime democrático" que foi Mário Soares.

“Conheci Mário Soares no exílio em Paris, em 1973. Fui ministro no seu primeiro Governo. Sentimento de profunda gratidão e enorme agradecimento que devemos ter com Mário Soares”, referiu Rui Vilar em declarações à Sic Notícias. “Portugal deve a Mário Soares a democracia. Foi o grande defensor do nosso regime democrático, (…) da democracia livre e perfeita que fomos capazes de construir”, acrescentou.

Rui Vilar lembrou ainda o “homem de cultura” e “a grande figura que Portugal acaba de perder”. “Grande sentimento de perda, enorme consternação”, revelou Vilar.

Mário Soares morreu este sábado no Hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa. Tinha 92 anos.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Rui Vilar: “Portugal deve a democracia a Soares”

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião