Metro quadrado: Liberdade 225 na Avenida lisboeta

  • ECO + JLL
  • 17 Janeiro 2017

Edifício de nove pisos tem disponíveis, para arrendamento, 2.538m² com áreas a partir de 319m².

Nova semana, novo imóvel. Desta vez, o Liberdade 225, que se localiza na confluência da avenida da Liberdade com a rua Rosa Araújo. É resultante de um projeto de reabilitação que transformou o interior e exterior do edifício. Com um total de nove pisos, tem atualmente disponíveis para arrendamento 2.538 m² com áreas a partir de 319 m², sendo comercializado pela JLL em regime de co-exclusividade.

A Avenida da Liberdade continua a destacar-se como a mais importante e prestigiada localização de escritórios em Lisboa. Além do prestígio e visibilidade associados a esta zona, a Avenida proporciona uma centralidade única, excelentes acessibilidades viárias e uma rede completa de transportes públicos, incluindo Metro, Autocarro e Comboio.

Saiba por que deve instalar aqui a sua empresa:
– No centro de negócios de Lisboa (Prime CBD)
– Na mais prestigiada localização da capital
– Vasta oferta de serviços na envolvente
– Excelentes acessos
– Escritórios Classe A
– Áreas amplas em open space

Liberdade 225

Os escritórios do Liberdade 225 distinguem-se pela sua modernidade, condições técnicas de excelência, conforto e eficiência, quer em termos de espaço quer em termos energéticos. O edifício tem certificação energética Classe A, graças à adoção de soluções tecnológicas inovadoras e sustentáveis, arquitetura moderna e qualidade construtiva, o que se traduz numa redução de custos, quer a nível de consumos que a nível técnico.

Caso tenha interesse em saber mais clique aqui.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Metro quadrado: Liberdade 225 na Avenida lisboeta

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião