Snowden fica na Rússia até 2020

  • Ana Luísa Alves
  • 18 Janeiro 2017

O advogado de Edward Snowden já fez saber que o seu visto de residência vai ser prolongado por mais três anos. No entanto, há quem diga que Snowden seria o "presente perfeito" para Trump.

Afinal, Edward Snowden vai ficar na Rússia por mais uns anos. Mais precisamente até 2020, segundo adianta o inglês The Guardian, citando o advogado do antigo analista da NSA.

O advogado de Snowden, Anatoly Kucherena, disse à agência RIA Novosti que o visto de residência seria prolongado por mais três anos e acrescentou que, no próximo ano, Snowden terá até a possibilidade de ter a cidadania russa.

Esta quarta-feira, Maria Zakharova, porta-voz do ministérios das relações externas, escreveu no Facebook que o direito de Snowden ficar foi “prolongado por mais uns anos”. O seu post surgiu depois de o ex-diretor da CIA, Michael Morell ter dito que Vladimir Putin podia “entregar” Snowden aos EUA. Morell acrescentou ainda, numa coluna do site The Cipher Biref, que Snowden seria o “presente ideal” do presidente Russo para Donald Trump.

O anúncio aconteceu horas depois de o ainda presidente dos EUA, Barack Obama, ter diminuído a sentença aplicada a Chelsea Manning, antigo analista militar, que mudou de sexo, condenado a 35 anos de prisão por divulgar dados militares e diplomáticos dos EUA à Wikileaks. Chelsea Manning vai ser libertada em maio.

Desde que está na Rússia, há quatro anos, Snowden nunca criticou o governo russo mas, nos últimos meses, fez-se ouvir para falar acerca do país que o adotou.

Contribua. A sua contribuição faz a diferença

Precisamos de si, caro leitor, e nunca precisamos tanto como hoje para cumprir a nossa missão. Que nos visite. Que leia as nossas notícias, que partilhe e comente, que sugira, que critique quando for caso disso. A contribuição dos leitores é essencial para preservar o maior dos valores, a independência, sem a qual não existe jornalismo livre, que escrutine, que informe, que seja útil.

A queda abrupta das receitas de publicidade por causa da pandemia do novo coronavírus e das suas consequências económicas torna a nossa capacidade de investimento em jornalismo de qualidade ainda mais exigente.

É por isso que vamos precisar também de si, caro leitor, para garantir que o ECO é económica e financeiramente sustentável e independente, condições para continuar a fazer jornalismo rigoroso, credível, útil à sua decisão.

De que forma? Contribua, e integre a Comunidade ECO. A sua contribuição faz a diferença,

Ao contribuir, está a apoiar o ECO e o jornalismo económico.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Snowden fica na Rússia até 2020

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião