Ronaldo tem o salário mais alto do mundo, mas chineses dominam

  • ECO
  • 13 Fevereiro 2017

Cristiano Ronaldo até pode ser o mais bem pago, mas é o domínio do futebol chinês que mais salta à vista na lista dos maiores salários no futebol mundial.

Cristiano Ronaldo tem o salário mais elevado no futebol mundial, mas são os futebolistas que jogam no campeonato chinês que dominam a lista dos jogadores mais bem pagos, segundo um ranking elaborado pelo site Finance Football (acesso gratuito).

O astro português, considerado melhor jogador do ano em 2016, recebe em termos brutos 38,9 milhões de euros, sendo o jogador mais bem pago no futebol mundial. Ronaldo surge imediatamente à frente dos argentinos Carlos Tévez (Shanghai Shenhua/China) e Lionel Messi (Barcelona/Espanha): os dois atletas recebem 37,5 milhões e 36 milhões de euros, respetivamente.

 

Fonte: Finance Football (valores em milhões de euros)

Mas o que salta mais à vista nos dados publicados esta segunda-feira pelo Finance Football é mesmo o domínio exercido pelo campeonato chinês no que toca à política de remuneração. Atualmente, dez dos atletas mais bem pagos no mundo do futebol atuam na emergente Superliga chinesa.

“O crescimento dos chineses é um fenómeno recente, mas impressionante”, dizem os especialistas daquele site. “De facto, a China já é o maior investidor externo no futebol europeu, está em vias de finalizar a compra do gigante AC Milan e paga salários como nenhum outro país. Onde é que isto acaba? Ninguém sabe, mas para já a China parece estar à beira de controlar o mundo do futebol”, acrescenta.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Ronaldo tem o salário mais alto do mundo, mas chineses dominam

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião