Contrato-Emprego: “elevado volume de dúvidas” levou à extensão do prazo

  • Cristina Oliveira da Silva
  • 20 Fevereiro 2017

O IEFP alargou para 10 de março o prazo de candidatura ao novo apoio ao emprego.

O Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) justificou o alargamento do prazo de candidatura à medida Contrato-Emprego com o “elevado volume de dúvidas” que surgiram.

O prazo inicial terminava a 25 de fevereiro mas foi entretanto estendido até às 18 horas de dia 10 de março.“O prolongamento do prazo de candidatura à medida Contrato-Emprego deveu-se à necessidade de dar resposta ao elevado volume de dúvidas apresentadas pelas entidades, uma vez que se trata de um concurso novo, com novas regras, novo sistema e novo modelo”, afirmou fonte oficial do IEFP ao ECO, sem adiantar quantas entidades já concorreram.

Com a prorrogação do prazo, as empresas também têm mais algum tempo para registar a oferta de emprego no portal Netemprego. A data limite para este registo era hoje, mas passa agora para 3 de março.

Este primeiro prazo de adesão conta com uma dotação de 20 milhões de euros. As ofertas excluídas podem vir a ser aceites em períodos posteriores: em maio e em outubro haverá novos períodos de candidatura.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Contrato-Emprego: “elevado volume de dúvidas” levou à extensão do prazo

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião