Mais de 650 mil famílias carenciadas sem acesso à tarifa social do gás

  • ECO
  • 27 Fevereiro 2017

Requisitos de carências que dão acesso a tarifas sociais na energia são diferentes para o o gás. Resultado: apenas 5% das famílias têm este apoio no gás.

Há 657 mil famílias portuguesas que apesar de preencherem todos os requisitos de carência que dão acesso a tarifas sociais na energia, não têm direito a este apoio no fornecimento de gás, escreve o Diário de Notícias na edição desta segunda-feira.

Em causa está a legislação que apenas dá benefício no gás natural e não no engarrafado. Em agosto de 2016, depois do avanço da atribuição automática destes apoios sociais, havia 691,8 mil famílias com tarifa social de eletricidade. Como os critérios de atribuição dos subsídios são semelhantes seria de esperar que este número fosse semelhante no apoio do fornecimento de gás. Mas os números demonstram o contrário.

Segundo avança o Diário de Notícias, só 34,9 mil famílias seriam beneficiárias da tarifa social no gás, o equivalente a 5,05% dos lares que estas famílias deviam apoiar. As restantes 95% das famílias por viverem em zonas não abrangidas por gás natural ficaram de fora dos apoios.

Comentários ({{ total }})

Mais de 650 mil famílias carenciadas sem acesso à tarifa social do gás

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião