PwC já veio pedir desculpa pelo erro nos Óscares

  • ECO e Jéssica Rocha
  • 27 Fevereiro 2017

A PwC, empresa responsável pela contagem dos votos e entrega dos envelopes, já veio pedir desculpa pelo embaraço da noite passada, na hora da entrega do prémio de Melhor Filme.

A noite de ontem, em que decorreu a 89ª cerimónia dos Óscares, ficou marcada pela polémica. É que o prémio mais importante da noite — o de Melhor Filme do ano — foi entregue inicialmente a La La Land, quando o verdadeiro vencedor era Moonlight. Agora, a PwC, a empresa responsável pela contagem dos votos, veio a público pedir desculpa.

Os atores veteranos de Hollywood Warren Beatty (Heaven Can Wait, Reds, Dick Tracy) e Faye Dunaway (Network – Rede de Intrigas, Bonnie and Clyde, Chinatown) foram os primeiros alvos das críticas, já que eram os responsáveis por anunciarem o prémio. Começaram por dizer que fora La La Land a ganhar a estatueta dourada de Melhor Filme, mas quando o elenco e o realizador já estavam em palco, deu-se uma reviravolta que vai ficar para a história: afinal, quem ganhou foi Moonlight.

Como assim? Leu bem, a Academia enganou-se no anúncio do último prémio da noite, o mais aguardado e considerado universalmente o mais importante.

Warren Beatty tentou explicar que abriu o envelope e leu um cartão que dizia “Emma Stone em La La Land“. Disse que ficou confuso, mas na verdade foi Faye Dunaway quem anunciou alto e bom som que La La Land era o vencedor. “Não estava a tentar ser engraçado, foi por isso que demorei tanto tempo a falar”, disse Beatty logo no instante em que se percebeu o erro.

O realizador de Moonlight, Barry Jenkins, correu então para palco para aceitar o prémio, afirmando: “Muito claramente, nem nos meus sonhos isto podia ser verdade! Mas para o inferno com os sonhos, estou farto deles, porque isto é a verdade!”.

Agora, num comunicado oficial da companhia responsável pela contagem dos votos, pode ler-se que pede desculpa “ao Moonlight, ao La La Land, a Warren Beatty, Faye Dunaway e aos espetadores dos Óscares, pelo erro que foi cometido durante o anúncio do prémio de Melhor Filme”. No comunicado, ainda é dada a explicação de que “por erro, foi entregue aos apresentadores o envelope da categoria errada” e que, quando descoberto, o erro foi de imediato corrigido. “Estamos agora a investigar como isto aconteceu, e lamentamos profundamente o ocorrido. Agradecemos a delicadeza com que os nomeados, a Academia, a ABC (estação emissora do programa) e o Jimmy Kimmel lidaram com a situação”.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

PwC já veio pedir desculpa pelo erro nos Óscares

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião