Mercedes recolhe um milhão de veículos em todo o mundo devido a risco de incêndio

  • Lusa
  • 3 Março 2017

A recolha, por risco de incêndio, envolve algumas viaturas das Classes C e E e CLA, além de SUV’s GLC. Não se sabe ainda quantos veículos são afetados em Portugal.

A Mercedes vai recolher cerca de um milhão de automóveis em todo o mundo devido a uma peça que pode sobreaquecer e causar incêndios, desconhecendo-se ainda quantos veículos podem ser abrangidos em Portugal por esta “medida preventiva”.

O processo envolve algumas viaturas das Classes C e E e CLA, além de SUV’s (ligeiro com características desportivas) GLC, comercializadas entre 2015 e 2017.

Em declarações à Lusa, fonte oficial do grupo Daimler, representante da Mercedes em Portugal, sublinhou tratar-se de uma “medida preventiva” e que se desconhece ainda quantos veículos em Portugal podem ser recolhidos pela marca para ser reparado.

Segundo a Associated Press, serão recolhidos 308 mil veículos nos Estados Unidos, onde se registaram 30 incêndios. No total, o fabricante alemão contabilizou 51 situações, mas sem causar feridos.

Em documentos divulgados na sexta-feira, a Mercedes indicou ao governo norte-americano que se, por algum motivo, o motor e a transmissão não funcionarem, o limitador de corrente da ignição pode sobreaquecer devido às repetidas tentativas de ligar o veículo.

A Mercedes iniciou a investigação em junho de 2016, depois de receber relatórios acerca de limitadores de corrente “termicamente danificados”.

Os proprietários serão notificados este mês e novamente quando as peças de substituição estiverem disponíveis em julho.

O tempo para instalar um novo fusível para evitar o problema de sobreaquecimento ronda os 60 minutos e a reparação será gratuita.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Mercedes recolhe um milhão de veículos em todo o mundo devido a risco de incêndio

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião