McDonald’s ao domicílio? Em Portugal ainda não

  • Margarida Peixoto
  • 5 Março 2017

A McDonald's anunciou esta semana que vai apontar a mira ao mercado da entrega ao domicílio. Por enquanto, os planos estão focados no Reino Unido, França, Alemanha, EUA e Canadá.

Queria um Big Mac entregue à porta de casa? Por enquanto vai ter de esperar. A McDonald’s anunciou esta semana que quer alargar o seu serviço de entrega ao domicílio mas, por enquanto, está focada nos seus principais mercados: Estados Unidos, Canadá, Reino Unido, França e Alemanha. Em Portugal esta ideia ainda não faz parte dos planos, adiantou a empresa portuguesa ao ECO.

“Uma das perturbações mais relevantes no negócio da restauração atualmente é o aumento rápido das entregas ao domicílio”, frisa a casa-mãe da McDonald’s, em comunicado. “Através da tecnologia, a entrega ao domicílio mudou a forma como os clientes encomendam, pagam, controlam, recebem a comida e dão feedback“, adiantou.

Por isso, a empresa quer aproveitar o facto de ter uma rede muito completa de restaurantes para se posicionar como uma das maiores cadeias na entrega ao domicílio. “A McDonald’s tem um posicionamento único para se tornar líder na entrega ao domicílio”, frisa a mesma nota, lembrando que nos seus cinco principais mercados quase 75% da população vive num raio de menos de cinco quilómetros de um restaurante McDonald’s.

"O serviço de entrega ao domicílio, que já está disponível em vários países, está a ser testado em alguns mercados, não estando, de momento, ainda prevista a sua implementação no mercado nacional.”

McDonalds Portugal

Fonte oficial

Contudo, os clientes em Portugal ainda vão ter de esperar. Contactada, fonte oficial reconhece que o serviço de entrega ao domicílio “já está disponível em vários países” e que “está a ser testado em alguns mercados”, mas adianta que não está, “de momento, ainda prevista a sua implementação no mercado nacional”.

A McDonald’s já introduziu o serviço de entregas ao domicílio em vários mercados, incluindo a China, a Coreia do Sul e Singapura. A multinacional tem vendas anuais de quase mil milhões com este serviço e o mercado chinês destaca-se com um crescimento de 30% só em 2016. As entregas porta a porta estão disponíveis na China desde 2008.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

McDonald’s ao domicílio? Em Portugal ainda não

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião