Preços dos CTT sobem 2,4% em abril

  • Juliana Nogueira Santos
  • 28 Março 2017

Os serviços prestados pelos CTT vão ficar mais caros a partir de abril. Estas alterações inserem-se na "política tarifária" da empresa para este ano.

Enviar uma carta pelo correio vai ficar mais caro a partir de 4 de abril. Os CTT anunciaram esta terça-feira, através de um comunicado enviado à CMVM, que vão atualizar em 2,4% os preços dos serviços de correspondências, correio editorial e encomendas face aos valores em vigor até agora.

“Os CTT – Correios de Portugal, S.A. (“CTT” ou “Sociedade”) informam sobre a atualização dos seus preços a partir de 4 de abril próximo. Esta atualização corresponderá a uma variação média anual do preço do cabaz de serviços de correspondências, correio editorial e encomendas de 2,4%”, pode ler-se no comunicado.

Tendo em conta a atualização dos preços dos serviços reservados e do correio em quantidade, a variação anual média será de 1,9%. A empresa afirma que esta alteração está “enquadrada na política tarifária da empresa para o ano 2017”.

O negócio das cartas não está a passar por dias bons, com a principal distribuidora nacional a ver os seus lucros a diminuir. Em 2016, os resultados líquidos dos CTT encolheram 13,7% face ao ano anterior, prejudicados pela queda no tráfego de correio endereçado.

A empresa liderada por Francisco Lacerda ainda tentou compensar com um aumento dos preços no princípio do ano anterior — que foi de 1,3% — mas este não foi suficiente para atenuar os maus resultados do último trimestre do ano. Recorde-se que neste período, as notificações das entidades públicas passaram a ser entregues por correio eletrónico, decisão que acabou por penalizar as receitas dos CTT.

Comentários ({{ total }})

Preços dos CTT sobem 2,4% em abril

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião