Cartões MB Net: a partir de julho, só na app

Dentro de dois meses deixará de ser possível gerar cartões virtuais no site do MB Net, mas o serviço mantém-se na aplicação MB Way. SIBS antecipa assim nova regulamentação europeia.

O serviço MB Net continuará disponível na aplicação móvel MB Way.Flávio Nunes/ECO

O serviço de pagamentos MB Net vai deixar de estar disponível na versão web. A SIBS vai meter um ponto final no site “mbnet.pt” em julho deste ano, o que significa que vai deixar de ser possível gerar cartões de crédito temporários a partir desse endereço. Ainda assim, os cartões da MB Net continuarão a poder ser gerados na aplicação móvel MB Way ou através dos serviços online dos principais bancos.

O ECO contactou a SIBS, que explicou que esta decisão surge em antecipação “de uma nova regulamentação europeia que irá entrar em vigor em 2018”. “Desde janeiro de 2016 que o MB Net está disponível na app MB Way, tendo sido gerados até ao final do primeiro trimestre de 2017 cerca de 660.000 cartões virtuais na aplicação”, acrescenta a empresa.

Os cartões MB Net são autênticos cartões de crédito Visa e estão disponíveis em duas modalidades. Numa, o cartão gerado permite apenas um pagamento e é desativado de imediato. Noutra, permite vários pagamentos até um determinado valor definido pelo utilizador. As principais aplicações estão relacionadas com compras online e segurança nos pagamentos digitais.

A SIBS tem vindo a agregar na app MB Way vários serviços de pagamento deste género. Entre eles, o serviço com o mesmo nome, que permite fazer pagamentos com o telemóvel nos comerciantes aderentes. Também serve para transferir dinheiro de forma imediata para a conta de outro utilizador MB Way através do número do telemóvel.

“Quem ainda não for aderente do MB Way pode aderir já através da página de criação de cartões no site MB Net. Depois de efetuar o login no site MB Net, basta introduzir o número de telemóvel e alguns dígitos do cartão bancário associado ao MB Net e definir o pin MB Way de seis dígitos”, explica a empresa em comunicado.

A aplicação móvel MB Way é gratuita e está disponível em smartphones Android e iOS. E, ao que o ECO apurou, os bancos já estão a notificar os clientes do fim da versão web do MB Net.

O jornalismo continua por aqui. Contribua

Sem informação não há economia. É o acesso às notícias que permite a decisão informada dos agentes económicos, das empresas, das famílias, dos particulares. E isso só pode ser garantido com uma comunicação social independente e que escrutina as decisões dos poderes. De todos os poderes, o político, o económico, o social, o Governo, a administração pública, os reguladores, as empresas, e os poderes que se escondem e têm também muita influência no que se decide.

O país vai entrar outra vez num confinamento geral que pode significar menos informação, mais opacidade, menos transparência, tudo debaixo do argumento do estado de emergência e da pandemia. Mas ao mesmo tempo é o momento em que os decisores precisam de fazer escolhas num quadro de incerteza.

Aqui, no ECO, vamos continuar 'desconfinados'. Com todos os cuidados, claro, mas a cumprir a nossa função, e missão. A informar os empresários e gestores, os micro-empresários, os gerentes e trabalhadores independentes, os trabalhadores do setor privado e os funcionários públicos, os estudantes e empreendedores. A informar todos os que são nossos leitores e os que ainda não são. Mas vão ser.

Em breve, o ECO vai avançar com uma campanha de subscrições Premium, para aceder a todas as notícias, opinião, entrevistas, reportagens, especiais e as newsletters disponíveis apenas para assinantes. Queremos contar consigo como assinante, é também um apoio ao jornalismo económico independente.

Queremos viver do investimento dos nossos leitores, não de subsídios do Estado. Enquanto não tem a possibilidade de assinar o ECO, faça a sua contribuição.

De que forma pode contribuir? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

Obrigado,

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Cartões MB Net: a partir de julho, só na app

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião