IEFP: desemprego regressa a níveis de fevereiro de 2009

  • Cristina Oliveira da Silva
  • 19 Abril 2017

Número de desempregados inscritos nos centros de emprego regista quebra recorde em março e atinge níveis de fevereiro de 2009.

O número de desempregados inscritos nos centros de emprego caiu para 471.474 em março, atingindo o valor mais baixo em oito anos. É preciso recuar a fevereiro de 2009 para encontrar um número inferior, indicam os dados do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) publicados esta quarta-feira.

Em dezembro, os registos do IEFP já apontavam para o valor mais reduzido desde fevereiro de 2009, já que 2016 fechou com 482,6 mil desempregados. Mas entretanto, o número voltou a aumentar. Março marca agora um regresso a níveis do início de 2009.

Em comparação com o mesmo mês de 2016, a descida no desemprego registado atingiu 18% em março, uma quebra recorde. De acordo com informação do IEFP, é o recuo mais significativa desde que há registos (1989). Face a fevereiro de 2017, a descida é de 3,3%.

Mas os centros de emprego não recebem apenas desempregados. Os números de março apontam ainda para cerca de 104 mil ocupados, mais 10,6% face ao período homólogo — em causa estão pessoas integradas em programas de emprego (excluindo os que visam integração direta no mercado de trabalho) ou formação. Há ainda 60,6 mil empregados e 23,2 mil “indisponíveis temporariamente” por motivos de doença. Contas feiras, são 659.322 as pessoas inscritas no IEFP.

Número de pessoas que deram entrada em março aumentou

Ainda que o número total de desempregados tenha caído, as inscrições feitas durante o mês de março aumentaram em termos mensais. Ou seja, olhando apenas para o mês de março, deram entrada nos centros de emprego 50.848 desempregados, o que corresponde a uma descida de 4,9% face a março de 2016 mas representa uma subida de 15,7% face a fevereiro de 2017.

Ainda assim, olhando para trás, temos de chegar a 2008 para encontrar um mês de março com um valor mais alto de novas inscrições.

Comentários ({{ total }})

IEFP: desemprego regressa a níveis de fevereiro de 2009

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião