Subida do BCP compensa falta de energia em Lisboa

Lisboa voltou ao ganhos, mas só por causa do BCP. O banco liderado por Nuno Amado disparou mais de 5%, o suficiente para compensar as quedas dos títulos do setor energético.

Depois das quedas, as bolsas voltaram aos ganhos. No caso da bolsa de Lisboa, foi mesmo a primeira sessão positiva após três dias negativos, muito por culpa do bom desempenho do BCP. As ações do banco liderado por Nuno Amado registaram uma forte valorização, subindo mais de 5%. Foi a maior subida desde o final de janeiro, acompanhando a tendência do setor na Europa. Um ganho expressivo que mais do que compensou a falta de energia da EDP e da Galp.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Subida do BCP compensa falta de energia em Lisboa

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião