Venezuela: Três mortos e 400 detidos na manifestação anti-Maduro

  • ECO e Lusa
  • 20 Abril 2017

Balanço das manifestações contra o Presidente Nicolás Maduro inclui 400 detidos e três mortos.

Pelo menos três pessoas morreram e mais de 400 pessoas foram detidas pelas autoridades venezuelanas após as manifestações contra o Presidente Nicolás Maduro, na quarta-feira, que foram reprimidas pela Guarda Nacional Bolivariana (GNB, polícia militar). Os protestos juntaram esta quarta-feira mais de 100.000 cidadãos em Caracas, capital da Venezuela.

Está a aumentar o número de detidos que estamos a registar. São mais de 400 a nível nacional”, anunciou o diretor da organização não-governamental Foro Penal Venezuelano, Gonzalo Himiob, através da sua conta no Twitter.

Segundo o responsável, foram detidos manifestantes em Caracas e nos estados de Nova Esparta, Táchira, Carabobo, Miranda, Anzoátegui, Bolívar, Arágua, Barinas, Cojedes, Monágas e Zúlia.

As rádios locais dão conta que na noite de quarta-feira (manhã de hoje em Lisboa) as autoridades terão detido um número indeterminado de pessoas que tomaram as ruas do município Santo António de Los Altos (sul de Caracas), em protesto pela repressão policial contra manifestantes opositores.

Os manifestantes colocaram barricadas e atacaram vários funcionários da GNB.

No Twitter, muitos divulgaram uma foto de um tanque militar incendiado por manifestantes.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Venezuela: Três mortos e 400 detidos na manifestação anti-Maduro

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião