Bolsa nacional acima dos 5.000 pontos à boleia da Mota-Engil

A bolsa nacional continua acima da fasquia psicológica dos 5.000 pontos e fechou no nível mais elevado desde o início de maio do ano passado.

Lisboa acompanhou os ganhos da Europa e voltou a fechar acima dos 5.000 pontos, ainda que tenha registado uma valorização muito ligeira. A praça nacional foi impulsionada pela Mota-Engil, que disparou mais de 5%.

O PSI-20 fechou a subir 0,17%, para os 5.054,95 pontos, o nível mais alto desde maio do ano passado. A contribuir para os ganhos da bolsa esteve a Mota-Engil, que subiu 5,28%, o maior ganho desde o final do ano passado, para os 2,29 euros por ação.

Do lado dos ganhos, destaque também para os CTT, que avançou 3,17%, para os 5,37 euros, e para a REN, que valorizou 1,97%, para os 2,74 euros por ação.

A impedir maiores subidas esteve o setor energético, num dia em que o petróleo afundou para mínimos de um mês. Os receios de que a produção de petróleo possa ter aumentado nos Estados Unidos levou o preço da matéria-prima a recuar à volta de 1% e o Brent, negociado em Londres, já está na casa dos 51 dólares por barril. Esta desvalorização acabou por penalizar a Galp Energia, que caiu 0,21%, para os 14,45 euros por ação.

As maiores quedas foram as da Pharol, que derrapou 6,34%, para os 27 cêntimos, e do BCP, que, apesar de ter negociado em máximos de dezembro durante a manhã, acabou por corrigir os ganhos e fechou a desvalorizar 1,11%, para os 20 cêntimos por ação.

No resto da Europa, a tendência também foi de ganhos ligeiros, com o Stoxx 600 a valorizar 0,47%. As praças europeias foram impulsionadas pelo retalho.

Assine o ECO Premium

No momento em que a informação é mais importante do que nunca, apoie o jornalismo independente e rigoroso.

De que forma? Assine o ECO Premium e tenha acesso a notícias exclusivas, à opinião que conta, às reportagens e especiais que mostram o outro lado da história e às newsletters ECO Insider e Novo Normal.

Esta assinatura é uma forma de apoiar o ECO e os seus jornalistas. A nossa contrapartida é o jornalismo independente, rigoroso e credível.

Comentários ({{ total }})

Bolsa nacional acima dos 5.000 pontos à boleia da Mota-Engil

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião