Quem é Pablo Forero, o homem escolhido pelo CaixaBank para o BPI

O homem apontado pelo CaixaBank para liderar o BPI já esteve 19 anos no JP Morgan. Até agora diretor-geral de riscos do banco catalão, assume hoje a presidência executiva do banco português.

Chega ao fim a era Ulrich. 13 anos depois, Fernando Ulrich deixa a liderança do BPI, para ser substituído por Pablo Forero Calderón. Até aqui diretor-geral do CaixaBank, Forero foi o nome escolhido pelos catalães, e já aprovado pelos acionistas do BPI, para presidente executivo do banco português. Assume hoje a pasta.

Forero está no banco catalão desde 2009 e este é o cargo mais alto que irá assumir numa instituição bancária. Licenciado em Economia e especializado em macroeconomia pela Universidade Autónoma de Madrid, Forero acumula cargos de liderança desde a década de 80. O primeiro foi como chefe do departamento de auditoria da Arthur Andersen, de onde partiu para diretor de mercados e responsável pelas relações com Espanha da Manufacturers Hanover Trust.

Pablo Forero é o nome escolhido pelo CaixaBank para liderar o BPI.Paula Nunes / ECO

Seguiu-se o JP Morgan, onde esteve 19 anos, na sociedade JP Morgan Investment Management, e onde chegou a ser membro do comité de gestão de ativos do banco norte-americano. Chegou ao banco catalão em setembro de 2009. É diretor-geral de riscos desde 2013, cargo que mantém até agora.

Forero já integra o conselho de administração do BPI desde 26 de outubro do ano passado. Nessa altura, o CaixaBank retirou do banco português Isidro Fainé, que estava na administração do BPI desde 1996, e Además de Fainé, para serem substituídos por Gonzalo Gortázar, o CEO do CaixaBank, e Pablo Forero.

Sobre os planos que tem para o BPI, pouco se sabe. Na conferência de imprensa onde foram apresentados os resultados da Oferta Pública de Aquisição (OPA) lançada pelo CaixaBank sobre o banco português, Forero falou pouco e disse apenas querer manter o foco comercial do BPI. Sobretudo, quer mesmo focar-se exclusivamente no BPI — questionado sobre a possibilidade de uma proposta de compra do Novo Banco, Forero foi claro: “o que queremos é não nos distrair com mais operações como esta“.

A nova composição do conselho de administração e da comissão executiva do BPI será decidida esta quarta-feira, em assembleia geral. Se a proposta do CaixaBank for aprovada pelos acionistas, Pablo Forero ficará como presidente executivo do BPI, Fernando Ulrich como chairman e Artur Santos Silva como presidente honorário.

Quanto vale uma notícia? Contribua para o jornalismo económico independente

Quanto vale uma notícia para si? E várias? O ECO foi citado em meios internacionais como o New York Times e a Reuters por causa da notícia da suspensão de António Mexia e João Manso Neto na EDP, mas também foi o ECO a revelar a demissão de Mário Centeno e o acordo entre o Governo e os privados na TAP. E foi no ECO que leu, em primeira mão, a proposta de plano de recuperação económica de António Costa Silva.

O jornalismo faz-se, em primeiro lugar, de notícias. Isso exige investimento de capital dos acionistas, investimento comercial dos anunciantes, mas também de si, caro leitor. A sua contribuição individual é relevante.

De que forma pode contribuir para a sustentabilidade do ECO? Na homepage do ECO, em desktop, tem um botão de acesso à página de contribuições no canto superior direito. Se aceder ao site em mobile, abra a 'bolacha' e tem acesso imediato ao botão 'Contribua'. Ou no fim de cada notícia tem uma caixa com os passos a seguir. Contribuições de 5€, 10€, 20€ ou 50€ ou um valor à sua escolha a partir de 100 euros. É seguro, é simples e é rápido. A sua contribuição é bem-vinda.

António Costa
Publisher do ECO

5€
10€
20€
50€

Comentários ({{ total }})

Quem é Pablo Forero, o homem escolhido pelo CaixaBank para o BPI

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião